Review do Marinho: Into the New World The First Asian Tour DVD

Bom, após um longo tempo de hiato, retorno com mais um post da série ‘Review do Marinho’, dessa vez sobre o item que ‘me dei’ como presente de aniversário, e que vinha namorando desde que ele foi anunciado: o aguardado dvd de um dos shows das garotas do 소녀시대 (Girls’ Generation), que era um item a muito tempo pedido e desejado pelos fãs ao redor do mundo, principalmente após o lançamento do cd do show (com as músicas, obviamente).

Físicamente falando, o dvd é belíssimo. Consiste em um bonito ‘digipack’ rosa com um slipcase transparente, em que possui uma arte que completa com a da frente (e o verso) do pack do dvd. Como vocês podem ver na foto, vem um mini-photobook com cerca de 44 páginas com fotos do show e fotos individuais das garotas em seus mais variados figurinos utilizados na tour (digo na tour pois tem um figurino alí que foi utilizado em outro show da tour, e não no que foi filmado para produção do dvd. Ou escolhido, já que todos foram filmados). Os dois discos tem acabamento rosa e estão dispostos de cada lado do espaço do photobook, quando o mesmo está aberto. No verso do pack, encontramos a lista de música dos shows, os extras e as informações técnicas do dvd. A quem interessar, o dvd é compatível com todas as regiões de dvd player (incluindo o do seu computador e o do seu carro), tem som Dolby Digital 5.1 (ideal pra quem tem um home theater em casa, pra ouvir a voz da SeoHyun vindo de trás), formato de vídeo em widescreen anamórfico (que infelizmente, fica meio cortado em tvs de tubo) e legendas em coreano, chinês e japonês (nas músicas e nos interviews). A duração total do conjunto, incluindo aí musicas extras e ensaios com backstages, é de aproximadamente 218 minutos, ou três horas e 38 minutos de puro SNSD.

Falando do show em sí, é um espetáculo ímpar. Desde o vídeo de abertura, já conhecido por todos, com elas de anjas subindo e descendo dos céus, a apresentação no mesmo vídeo das garotas já com o figurino das primeiras músicas; sem falar da entrada delas no palco, deslizando em cima de um piso com o nome da tour, tudo isso visto de um ângulo de câmera superior, a maior sacada dessa filmagem. No show, destaca-se os poucos erros de coreografia visíveis, o foco das garotas em olhar para o público (nesse ponto, destacam-se a YuRi e a SeoHyun), a movimentação delas pela arena (inclusive, utilizando andaimes em determinadas músicas, para se aproximarem dos fãs que estavam localizados nas arquibancadas superiores), a certa ‘pseudo-libertinagem’ de algumas delas (especialmente SooYoung, que lindamente deu tapinhas na bunda da TaeYeon e ‘tentou’ beijar a Jessica).

Nos solos o destaque, na minha opinião, ficaram por conta da Sunny, da YuRi, e da Tiffany, embora eu possa dizer que todos os solos (incluindo aí o de dança muito bom da HyoYeon) foram excelentes. O da Sunny, com uma música que leva o seu nome e com uma dança simples, porém bonita, lembra os antigos espetáculos musicais das casas londrinas e alguns da broadway. O da YuRi, com a incrível participação de Amber, integrante do grupo f(x), foi bom, com uma música que se liga totalmente na sua dança, e com a YuRi levando os fãs masculinos (e muitas fãs mulheres também) a completa loucura com seus movimentos sensuais e seu sorriso encantado. O solo da Tiffany, uma versão de Umbrella, foi simples, sincero, mas muito bom. Ela nivelou seus movimentos com a música, além de cantá-la muito bem. SeoHyun fez um solo de piano que foi completado com a já conhecida música Sixteen Going to Seventeen (com toda a certeza seus pais conhecem essa música), Jessica e TaeYeon mandaram muito bem nos seus solos, e a SooYoung fez uma divina apresentação com a música Santa Baby, vestida de.. SooYoung Noel.

A parte final do show foi com músicas que permitiam as garotas interagir com o público, andando por praticamente toda a área de contato com os fãs, tocando nos mesmos e pegando itens que eles seguravam, como toalhas, bastões luminosos, mascaras e afins. As músicas e performances que, na minha opinião, ficaram melhores foram (excluindo aí os solos) Girls’ Generation, Chocolate Love, Dear Mom, HaHaHaSong e a música de encerramento, Oh! (em que elas erraram parte da coreografia, mas estavam tão divinas, que isso deu ainda mais alegria a música).

Sobre o material extra, duas músicas (Talk to Me e uma versão de Barbie Girl com o Heechul, a do show foi com o Key), e um vídeo longo de ensaios e do backstage do show, onde mostra toda a concentração, correria, organização e nervosismo das garotas, e elas mesmas conversando com os staffs, dançarinos, o câmera e com o nada (Algumas integrantes conversavam com o imaginário, para afastar a ansiedade).

Por fim, não preciso dizer que adorei o dvd, tanto o show quanto o material extra; e que valeu sim a longa espera e cada real gasto nele. Agora é só esperar que a SM realize também um dvd da First Japan Tour, pois com toda a certeza será um sucesso de vendas.

PS. Bem que a SM poderia liberar uma versão do show em Blu-ray, para quem tem o equipamento. A qualidade ficaria muito superior se o serviço fosse bem feito, tanto em áudio quanto em vídeo.

PS2. O dvd pode vir com um poster (escolha do comprador, se sim ou não), que pode vir em um tubo ou dobrado. O meu veio dobrado mesmo, e é um poster muito bonito, de tamanho médio.

PS3. Você pode comprar o dvd das garotas clicando aqui.

Anúncios